icthus peixe

icthus peixe

ixore peixe

ichusteama

ichusteama

A História de Icthus

Este sinal foi usado como uma forma secreta de comunicação entre os cristãos do início da Igreja dentro das catacumbas romanas. Eles entalhavam este sinal nas paredes para que se identificassem com outros cristãos. É uma palavra grega que significa "peixe" (daí o uso do desenho) e que formava um acróstico: Jesus Cristo, Filho de Deus, Salvador Você vê-los na parte traseira dos automóveis em todo lugar.Ocasionalmente, você vê-los usado em colares ou pulseiras. Eu mesmo vi-los como chaveiros e bonés. Mesmo os evolucionistas exibir este símbolo com o nome "Darwin" apropriadamente inscrito em cima dele. Eu mesmo vi esses símbolos misteriosos com uma pontuda, pequenas e nadadeira dorsal saliente em cima de um destes, assemelhando-se um tubarão. O "ichthus", quando exibido corretamente deve ser semelhante a qualquer uma das quatro figuras apresentadas a seguir: Exatamente o que faz o Ichthus significa? Ichthus (IKH-thoos) ou ichthys é a palavra grega que significa simplesmente "peixe". A ortografia é grego para ichthus - Iota, Chi Theta, Upsilon, e Sigma. A tradução para Inglês é IXOYE. As cinco letras gregas representam as palavras que significam "Jesus Cristo, Filho de Deus, Salvador". A versão grega é, "Iesous Christos, Theou Uios, Soter ". Este símbolo foi utilizado principalmente entre os cristãos da igreja primitiva anos (e segundo século 1 dC) O símbolo foi introduzido a partir de Alexandria, Egito, que, na época, era um porto muito populosas. Era o porto em que muitos bens foram trazidos do continente europeu. Devido a isso, foi utilizado pela primeira vez pelos povos do mar como um símbolo de uma divindade familiar, neste caso, Jesus Cristo. O símbolo foi usado mais tarde como um meio de identificar ou reconhecer um irmão em Cristo, sem necessidade de qualquer comunicação verbais sendo trocados. Por que isso foi necessário? Durante o reinado do imperador Nero (54 dC-68 dC), e durante todo o reinado de maldade subseqüentes imperadores do Império Romano, os cristãos eram comumente perseguidos, torturados e condenados à morte por causa de sua fé em Cristo Jesus. Imperador Nero se pessoalmente desprezava os cristãos. Ele culpou-os para o grande incêndio de 64 dC, que queimou cerca de metade de Roma. Foi durante as perseguições do Nero que ambos Pedro e Paulo são pensados para ter morrido. Espalhados por todo o império, os soldados romanos estavam estacionados em toda parte para manter a ordem e agir como polícia. Isto incluiu mantendo um olhar atento sobre os acontecimentos da vida quotidiana das pessoas. Muitas vezes, quando um soldado avistou um cristão, ele iria relatar a seus superiores que, por sua vez, ser condenada a prisão do cristão e ser levado para interrogatório. O cristão, então, ser perseguidos e torturados para que eles a retratar-se e submeter-se a muitas religiões politeístas de Roma. Na maioria dos casos a morte seria o fim final. Gregory B. Dill

Creio que só Jesus Salva

Sou um cristão fundamentalista, amo o Senhor e a Igreja,
creio na sua palavra, sou um anti-comunista. não gosto de religião, muito menos da Teologia da Libertação, da Prosperidade e dos teólogos liberais e hereges (uma redundância).

Quem sou eu

Minha foto
Inteligente,Talentoso, lutador sei muito bem o que quero.

Meu Blog Os Mariheiros de Naus.com

Seguidores

Infanticídio Indígena

CRIANÇAS INDÍGENAS ENTERRADAS VIVAS

história da Igreja

história da Igreja Cristã

Google Mapa

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Rock'n'roll e Satanismo

Texto escrito por um ex-satanista resgatado pelo Senhor.
Debater esse assunto, com quem nunca esteve nesse mundo, e fala do que OUVE é uma coisa, mas debater com quem já VIVEU, então essa pessoa fala do que CONHECE e não somente do que OUVE. Glórias a Deus!!

"...emoções de toda espécie são produzidas pela melodia e pelo ritmo: através da música, por conseguinte, o homem se acostuma a experimentar as emoções certas: tem a música, portanto, o poder de formar o caráter, e os os vários tipos de música, baseados nos vários modos, distinguem-se pelos seus efeitos sobre o caráter - um, por exemplo, operando na direção da melancolia, outro na da efeminação, um incentivando a renúncia, outro o domínio de si, um terceiro o entusiasmo, e assim por diante, através da série".

Aristóteles, filósofo grego (384-322 a.C.)


Saiba que eu fui fã incondicional do Punk Rock, além de ouvir, eu tocava, coisas como: GBH, Exploited, Garotos Podres, Cólera, Ramones, Clash, Dead Kennedys, Suicidal Tendencies, Toy Dolls, Virus 27, e, além disso, eu convivia com muitos músicos punks da época. Alguns dos redutos eram o "Madame Satã" e o "Cais".

Um dos punks flagrados pelos jornais, no "quebra" do Palace, no show do Ramones, era eu!

Embora eu ouvisse esse estilo pra ficar no "ponto", com toda uma ideologia punk. Eu também, particularmente ouvia muito rock, diria: "melancólico". Eu adorava a idéia da morte. Como Doors, Joy Division, Nick Cave, Sister of Mercy, etc.

Essas músicas, eram a nossa "droga", mas quando me converti, passei a prestar atenção nas letras das músicas, e a conclusão que eu cheguei foi que: eu próprio me amaldiçoava, eu próprio invocava demônios e maldições.

Da mesma maneira devo ser rude e radical com a música sertaneja e o pagode (Não falo da harmonia musical, e nem do estilo) refiro-me às letras.

O leitor já percebeu, que as letras sempre falam de um infeliz que perdeu a mulher para outro, e que por isso é um desgraçadinho, que a vida dele não vale nada; ou, que a mulher fugiu com o padeiro e por isso se tornou um ébrio.

A pessoa que continuamente se expõe a informações como essas, começará a ter problemas na auto-estima e nos relacionamentos, passando a ter um ciúme e insegurança exacerbados, além de outras coisas.

Lembre-se de uma coisa, tanto a música, quanto as letras das músicas liberam poder, pois são executadas por seres humanos. E quando cantadas, as informações que estavam registradas num CD, ou vinil, adquirem poder efetivo.

O louvor a Deus, produz efeitos: A presença de Deus se manifesta, e quando a presença de Deus se manifesta tudo muda. Curas, Libertações, Milagres acontecem.

A música satânicamente inspirada, quando cantada, também produz efeitos: compulsões pelo vício, violência, sexo ilegal, morte, suicido. E o recente caso dos Jovens de Denver, Dylan e Eric, que eram fãs do satanista Marilin Manson.

Você pode perguntar: Mas então você é contra o Rock Gospel? Claro que não!

Veja, tenho recebido inúmeros e-mails nesse sentido! Jovens cheio de dúvidas e coisas assim. Amados o problema todo está no coração. A Palavra de Deus diz que o nosso Pai Celestial, está numa "busca acirrada", por aqueles que O Adorem em Espírito e Verdade.

Por acaso, a Bíblia nos deixou qual o ritmo, ou quais os instrumentos certos para adorá-lo, ou louvá-lo? Já procurei e procurei nesses 12 anos de conversão, e pasmem, nunca achei!!!

Pelo contrário, muitas vezes, eu disse muitas vezes, os levitas fizeram uma "barulheira" total, sob ordens de Deus.

Josué 6.8-20 >> eis aqui o bom e velho rock'n'roll, literalmente as "pedras rolaram" nesse incidente das muralhas de Jericó!!!

Juízes 7.16-22 >> com 300 homens espalhados, Gideão, sob ordens de Deus, repartiu 300 trombetas, e em certo momento, tocando e gritando, afugentaram e destruíram os midianitas, pois estes pensaram que haviam uns 3.000 homens contra eles.

Amados, há muitas referências desse tipo de "louvor" a Deus.

Até um tempo atrás um certa pastora, dizia que a bateria era do diabo, hoje ela tem bateria nas igrejas dela. Ué, o diabo desistiu da bateria? Por muitos anos, toquei percussão: tumbadoras, e pelo fato do instrumento, ser semelhante aos atabaques das religiões afro. Me julgavam, me acusavam e estendiam o dedo.

O diabo, não é dono de nenhum instrumento musical, e de nenhum ritmo. O que acontece, é: satanás no seu passado, era o líder musical no Reino de Deus, sabedor de todas as possibilidades que existem na música. MAS ELE FOI BANIDO!!!!!!! DERROTADO!!!!!! Ele deixou lá todos os instrumentos que tocava.

Mas ele trouxe na sua queda, todo o conhecimento musical. E ele pode e consegue, inspirar homens para produzir musica ritual que pode destruir.

Mas não é só rock'n'roll, é pagode, é sertanejo, é valsa, é clássico, é flamenco. Quantas valsas absolutamente satânicas existem amados.

Eu, Flávio, de maneira particular, prefiro os louvores congregacionais para os meus momentos de adoração. Mas também, ouço sim, rock, rap, etc.

Uma pergunta: Quem entre nós, irmãos, pastores, ministros, podem julgar por exemplo, o evangelista Dale Thompson, líder e vocalista do Bride. Quantas pessoas já não foram salvas através da vida dele? Te garanto que muitas.

E para encerrar minha opinião, por favor acompanhe comigo essa passagem com atenção:

Quem não é contra nós é por nós

Marcos 9.38-40
38. E João lhe respondeu, dizendo: MESTRE, VIMOS UM QUE, EM TEU NOME, EXPULSAVA DEMÔNIOS, O QUAL NÃO NOS SEGUE (ele não age como nós); E NÓS LHO PROIBIMOS, PORQUE NÃO NOS SEGUE (ele é muito esquisito, mestre!).
39. JESUS, PORÉM, DISSE: Não lho proibais, porque ninguém há que faça milagre em meu nome e possa logo falar mal de mim.
40. Porque quem não é contra nós é por nós.

Mas tome cuidado meu amado, você deve sondar seu coração, não seja escravo de nada e de ninguém. Verifique se um ritmo qualquer não é o seu deus. Faça a pergunta a si mesmo: Se Jesus me pedisse pra abandonar isso, eu abandonaria sem pestanejar? Seja sincero, e verifique sua resposta.

Mas te garanto, o Senhor só pediria isso, se estivesse causando danos a sua vida, ou seja, se você estivesse usando o rock,'n'roll, ou sertanejo, como fuga, como bengala, e assim, você não seria nem um pouco diferente dos viciados em drogas.

Primeiro que tudo, o leitor deve entender que, historicamente a música surgiu com Jubal, segundo relato bíblico de Gênesis 4.21: "E o nome do seu irmão era Jubal; este foi o pai de todos os que tocam harpa e órgão". A cultura começava então a se desenvolver.

Jubal era descendente de Caim, e este por sua vez, havia se retirado da presença de Deus, conforme Gênesis 4.16. Desta forma se estabeleceu uma sociedade e cultura altamente desenvolvidas com um agravante: deixaram Deus de fora.

Jubal teve mais dois irmãos Jabal e Tubalcaim; Jabal foi o pai dos que habitam em tendas e possuem gado (Gênesis 4.20) - a agricultura começava a se aflorar; Tubalcaim foi artífice de todos os instrumentos cortantes, de bronze e de ferro (Gênesis 4.22), onde verificamos o surgimento das indústria.

Essas coisas: a agricultura, a indústria e a música, não são malignas em si mesmas, no entanto, havia um terrível problema, eles deixaram Deus do lado de fora de todos esses projetos. O Egocentrismo era o paradigma das pessoas daquela época conturbada.

Agora repare, somente depois que Sete, irmão de Caim e de Abel (assassinado), teve um filho, é que a Bíblia diz em:

Gênesis 4.26
26. DAÍ SE COMEÇOU a invocar o nome do Senhor.

Esse primeiro sistema mundial criado por Caim ficou tão amaldiçoado que Deus teve que destruí-lo, conforme o relato bíblico de:

Gênesis 6.7
7. E disse o Senhor: destruirei, de sobre a face da terra, o homem que criei ... porque me arrependo de os haver feito.

É notório que a essência daquilo que Jabal criou, ou seja, a música sem Deus, se perpetuou até os dias de hoje, desta forma a música é, evidentemente, um dos mecanismos mais comuns de se influenciar as massas - sejam elas: velhos, jovens, negros, brancos, crianças, etc.

Nos Aspectos Naturais

A música é matemática, e por conseguinte, física pura.

Quando fazemos música, vibrando os acordes, observamos muitos dos conceitos da física em ação. Em determinadas freqüências, fazem estilhaçar taças de cristal, lustres e vidraças.

Tomemos por exemplo, uma tropa de soldados marchando em uníssono, ao rodear uma muralha. O somatório das vozes, da cadência da marcha, da altura e principalmente da freqüência dos sons, se estiverem na mesma freqüência das vibrações das moléculas da estrutura daquela muralha, podem faze-la ruir em poucos segundos. A destruição da muralha, pode ser semelhante à destruição de um a vidraça!

E isso aconteceu: A Bíblia registra o caso do Josué, como exemplo mais explícito dos aspectos da fisica, nas frequência de um determinado som, como foi n a destruição dos muros de Jericó. Josué 6.4-20

Este caso ficou provado, após minuciosa perícia técnica das ruínas, que num determinado momento, os muros simplesmente desmoronaram, como se tivesse havido uma grande implosão, algo sobrenatural e ao mesmo tempo físico, desintegrando ou desestruturando toda a unidade de uma molécula à outra, nas bases das edificações.

Dessa forma, esses conceitos nos fazem observar que determinadas vibrações na música são usadas de maneira subliminar, visto que o ouvido humano tem certos limites para captação de sons conscientes.

As vibrações abaixo e acima destes limites são captadas inconscientemente provocando em algumas pessoas, dores de cabeça, sensações de mal-estar, medo, angústia, excitação ou até mesmo, uma calma aparente.

Os sons subliminares são muito usados no cinema para se conseguir um estado alterado de consciência ou para se conseguir o efeito desejado em determinadas cenas, semelhantes às sugestões hipnóticas.

Veja novamente:

Juízes 7.16-22 >> por inspiração divina, Gideão, obedeceu a ordem de Deus, e instruiu seus 300 homens para que em uníssono, tocassem as trombetas e gritassem e quebrassem vasos, imitando um som de explosão. Isso causou nos inimigos midianistas, hipnose e torpor. Ficaram paralisados, alguns fugiram apavorados, outros morreram de ataques cardíacos. Eles pensaram pelos sons, que haviam milhares de hebreus contra eles.

Nos Aspectos Sobrenaturais

A música é em essência: Espiritual. Foi criada por Deus para o Seu Louvor. E foi deturpada pelo seu antigo dirigente celeste: Lucifer! (Veja Capítulo 9).

Podemos classificar a influência da música em 5 tópicos principais: violência, sexo, drogas, ocultismo e hedonismo.

E antes de iniciar a nossa abordagem ao Rock, desejo esclarecer aqui que de maneira nenhuma poderia abominar esse estilo, ele não é do diabo; esse ser decaído não tem nada, não possue nada.

Desde suas raízes o rock sempre foi associado de uma forma ou de outra ao ocultismo. Mesmo quando não associado diretamente à adoração satânica o rock tem sido frequentemente acusado de incitar a rebeldia e despertar sentimentos violentos nos jovens.

Em especial algumas vertentes do Rock'n'Roll, como: Black Metal, Heavy Metal, Punk Rock e por aí afora. Todo esse movimento não aconteceu do nada; antes foi cuidadosamente planejado pelo sistema satânico desde a sua origem. Sem exceção todas as bandas desses segmentos têm como guru: Aleister Crowley e Anton Szandor Lavey.

Preste atenção, eu sou jovem, e nem por isso tenho que ouvir todo esse lixo.

Os motivos que nos fazem associar o estilo do Rock aos anseios satânicos, ou seja, a uma vida sem Jesus, são vários:

- De uma maneira geral o Rock incita a rebeldia contra os costumes atuais e ataca o sistema vigente.

- O rock prega o hedonismo, o que é absolutamente contrário aos ensinos bíblicos. O hedonismo é traduzido como o gozo máximo dos prazeres terrenos (drogas, sexo) é na verdade um dos princípios satânicos. Basta lembrarmos da "máxima": Sexo, Drogas e Rock'n'roll.

- O rock prega o culto a si mesmo - individualismo e egoísmo. Este é um outro ponto fundamental dos satanistas - O Lema difundido por Crowley: "Faz o que tu queres, há de ser toda a lei".

O maior motivo das acusações de satanismo nos últimos 20 anos se deve ao fato de muitos pop-stars terem adotado abertamente uma atitude satânica, (como Kiss, Ozzy Osbourne, Alice Cooper, Wasp, etc) enquanto que outros abordam apenas o tema satânico como (Rolling Stones, Iron Maiden, Black Sabbath, AC/DC, etc).

http://www.evangelizacaopessoal.com/apresentacao.html

Desde setembro / 2003
A serviço do Senhor
By Evangelização Pessoal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

escreva seu comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Não Mesmo

Não Mesmo

?

?

? ? ?

No livro de Apocalipse as sete igrejas são representadas por meio de sete candeeiros de ouro (Ap. 1:20). Um candeeiro, por sua vez, não é um objeto com um fim em si mesmo. O propósito de um candeeiro é sustentar a luz de modo que todos possam vê-la. Da mesma forma, a Igreja não existe para si própria, ela não é um fim em si mesma, mas é um meio para que um objetivo seja alcançado. O objetivo da Igreja é sustentar o testemunho de Jesus de modo que todos possam vê-lo, de modo que todos possam ver a luz. E se a Igreja falhar em expressar, manifestar a luz do testemunho de Jesus, então ela terá falhado em sua missão. A Igreja não tem como objetivo final atrair as pessoas para si mesma, a Igreja tem como objetivo conduzir as pessoas a Cristo. Stephen Kaung, no livro “Vendo Cristo no Novo Testamento”, vol. 6, ALC Postado por IGREJA REUNIDA EM SANTO ESTÊVÃO - BA

Diversas dúvidas sobre Deus

1) Como posso saber que há um Deus? ( João 1.14, 18; 14.9-14; 20.29-31; Romanos 1.20; Isaías 43.9-10) 2) Como posso saber que a Bíblia é verdadeira? (João 5.39-40; 7.17; Atos 17.11-12). 3) Como posso compreender a Bíblia? (1 Coríntios 2.9-14; João 16.13; Lucas 11.13.) 4) Se o homem faz o melhor que pode, isto não basta para Deus? (João 3.5-6, 36; Romanos 3.19-20; Gálatas; 3.10) 5) Se um homem honestamente pensa que está no caminho certo, será condenado? (Provérbios 14.12; Romanos 3.3-4; Atos 17.30) 6) Não é possível ser Cristão sem crer que Jesus é o Filho de Deus? (1 João 5.9-13, 20; João 20.28-31; Mateus 16.13-18.) 7) Por que era necessário Cristo morrer para salvar o homem? (Romanos 8.3; Gálatas-3.10; Romanos 5.12, 19). 8) Qual é a primeira coisa a fazer para se tornar Cristão? (Mateus 11.28; João 6.29, 37; Atos 16.31). 9) Que mais? (Mateus 10.32; Romanos 10.9-10; Hebreus 13.15-16). 10) Preciso reconhecer que sou pecador antes de vir a Cristo? Como posso fazer isto? (Romanos 7.13; João 16.8-9; Atos 2.36-37) 11) Preciso me arrepender? 0 que é arrependimento? Como posso me arrepender? (Lucas 24.46-47; Atos 5.30-31; 20.21; Lucas; 15.17-18.) 12) Como posso vir a Cristo? (Isaías 55.7; 1 João 1.1-3; Romanos 10.8-17; Marcos 10.49-50.) 13) 0 que significa "Aceitar a Cristo"? (João 1. 11- 12; Romanos 6.23; João 4. 10; Efésios 2.8.) 14) Como posso ter fé? (Efésios 1.12-13; Lucas 16.29-31; João 5.39, 46-47; João 4.50) 15) Como posso saber que os meus pecados são perdoados? (Marcos 2.5; Lucas 7.48-50; Atos 13.38-39; 1 João 1.9) 16) Como posso saber que amo a Deus? (I João 4.10,19; Romanos 5.5-8; Efésios 2.4-8) 17) Por que o Senhor não se apresenta a mim e fala comigo, como falou com Paulo? ( I Timóteo 1.16; João 17.20; 20.29; 1 Pedro 1.8; João 14.16-18). 18) Como posso saber que o Espírito de Deus veio a mim? (João 16.8; 1 Coríntios 12.3; Gálatas 5.2, 23; 1 João 3.14). 19) Por que membros da Igreja erram? (Filipenses 3.18-19; 1 Timóteo 4.1-2; 11 Timóteo 3.1-5; Gálatas 5.17, 6:1.) 20) Por que há diferentes denominações? (1 Coríntios 3.1-5; 1 Coríntios 12.12-14; 1 Coríntios 11 - 19; 11 Pedro 2.1-2; Efésios 1.17-23). 21) Preciso fazer profissão de fé para ser Cristão? (Mateus 28.18-20; Atos 2.38-42, 47; Hebreus 10.25.) 22) Como posso vencer o mundo? (Colossenses 3.1-6; 1 João 5.3-4; Gálatas 1.4). 23) Por que os Cristãos sofrem tanto no mundo? (I Coríntios 11.32; Salmos 94.12-13; Hebreus 12.6-11; 1 Pedro 4.12-19.) 24) Como posso ser liberto do poder dos pecados que tenho praticado? (Romanos 13.14; Efésios 6.10-18; 1 Pedro 5.6-10). 25) Se pecar, após me tornar Cristão, Deus me perdoará? (Romanos 3.28-30; Hebreus 10.28-29; Atos 8.18-23; 1 João 13-10). 26) 0 que é pecado contra o Espírito Santo? (Marcos 3.28-30; Hebreus 10.28-29; Atos 8.18-23.) 27) Qual é a relação entre o Cristão e este mundo? (I João 2.15-17; João 17.14-19; 1 Pedro 4.2-5). 28) Tenho que perdoar os meus inimigos, ao me tornar cristão? (Mateus 5.23-24; 6.12-15; Efésios 4.31-32). 29) Como posso saber que sou escolhido por Deus? (João 3.16; 6.37; 10.9; Apocalipse 22.17). 30) Tenho de fazer restituição? (Marcos 12.31; Romanos 12.17; Lucas 19.8). 31) Não devo esperar até que compreenda melhor a Bíblia, antes de me tornar Cristão? (Atos 8.12, 35-37; 16.30-33; 1 Coríntios 2.1-5). 32) Não devo ser pessoa melhor antes de me tornar Cristão? (Mateus 9.12-13; 17.15-18; Romanos 7.23-25.) 33) Quando eu oro, a oração não parece real para mim. Como posso resolver isso? (Lucas 11.14; João 1.18; 17.6, 25-26.) 34) Você tem certeza que tão grande pecador como eu pode ser salvo? (Isaías 55.6-9; 43.24-26; 1 Timóteo 1.15-16.) 35) Deveria começar confessando que quero ser Cristão, enquanto não sinto Deus falando comigo? (Mateus 12.10-13; Ezequiel 36.26-27; Efésios 2.4-6). 36) Qual é o maior pecado? (1 João 5.10; João 5.38; Números 23.19.) 37) Se eu me tornar Cristão, o que devo procurar mais ardentemente? (João 14.16-18; João 20.22; Atos 1.8; Efésios 5.17-21.) 38) Como posso ter certeza de que vencerei? (Isaías 41.10; 1 Coríntios 10.13; II Coríntios 9.8; 12.9; João 10.27-29). 39) Qual vai ser a minha maior dificuldade na vida Cristã? (Filipenses 2.3-5; Romanos 12.3, 16; João 13.12-17). 40) Não sinto muito desejo de me tornar Cristão agora. Não posso esperar até alguma outra oportunidade? (Coríntios 6.2; Hebreus 3.7-8; 4.7; Tiago 4.13-17.)

O Evangelho de Deus

Rede Record apoia o Aborto

http://www.youtube.com/watch?v=pSWMLtTzbnA É vergonhoso para qualquer cristão ver uma emissora de tv, controlada por evangélicos, fazer defesa de ato tão cruel e vil. Percebe-se que, de fato, a deficiência teológica influencia a ética e a moral. Se os líderes desta emissora/igreja atentassem para o que diz a Palavra perceberiam os graves erros que cometem e incitam outros a cometer. Alisto-os abaixo: 1. Em primeiro lugar, o corpo que usamos não é nosso, como afirma a atriz do vídeo. Paulo, escrevendo aos Corintios, disse: "Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?" (1Co 6.19) e, na seqüência, "Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo." (1Co 6.20). Somos apenas mordomos. Vamos prestar contas do que fizemos com o corpo. 2. A imagem de Deus está impressa em cada ser humano, por isso, ninguém tem o direito de tirar a própria vida ou a de outrem. A Bíblia diz: "Se alguém derramar o sangue do homem, pelo homem se derramará o seu; porque Deus fez o homem segundo a sua imagem." (Gn 9.6). A razão da proibição do homicídio e, por implicação, do suicídio, está no fato de que 'Deus fez o homem segundo a sua imagem', isto é, ao assassinar alguém, ou a si próprio, estamos eliminando algo que não é nosso, mas de Deus. 3. Uma mulher pode até reclamar o direito de retirar um rim, ou um apêndice, mas não tem o direito de assassinar uma vida que está em formação dentro de si. A mulher pode dizer, equivocadamente, que tem direito sobre o seu corpo, mas o feto é outro corpo, é outra vida. O art. 2º do Código Civil Brasileiro reconhece que a vida começa na concepção: "Art. 2º A personalidade civil da pessoa começa do nascimento com vida; mas a lei põe a salvo, desde a concepção, os direitos do nascituro." Portanto, o aborto é, além de crime, um pecado gravíssimo aos olhos de Deus. Ninguém tem o direito de assassinar violentamente um ser que não tem qualquer condição de defesa. Deus punirá severamente os que praticam esta classe de assassinato. Quanto à emissora/igreja, não é de hoje a posição abortista de seu líder Edir Macedo. Em outubro de 2007 nós reproduzimos um artigo de Solano Portela sobre o assunto. Para lê-lo, clique aqui. Termino com as palavras de Isaías, em uma época em que o povo estava andando bem longe dos caminhos de Deus: "Ai dos que ao mal chamam bem e ao bem, mal; que fazem da escuridade luz e da luz, escuridade; põem o amargo por doce e o doce, por amargo! Ai dos que são sábios a seus próprios olhos e prudentes em seu próprio conceito!" (Is 5.20,21). Falando em luz e trevas, a cor predominante do vídeo, um laranja que lembra fogo e a pouca iluminação, levou minha mente a, automaticamente, pensar no local para onde vão os assassinos. Postado por Rev. Ageu Magalhães

Deus não existe

Um homem caiu em um buraco

http://www.youtube.com/watch?v=RY-g-sH7q2g

Evangelizar

Exploração Não

Exploração Não

Você reclama de sua vida!

http://www.youtube.com/watch?v=v7S06iN5P34

Livro - A Cruz e o Punhal

A Cruz e o Punhal

Loading...

Charles Haddon Spurgeon - Sermoes Devocionais

Sinopse

Muita ação e suspense em um filme clássico que continua tocando os corações. A Cruz e o Punhal é a história verídica de David Wilkerson entrando no mundo desesperado de Nick Cruz e das gangues de Nova York. Os Mau Mau e os Bishops são gangues que lutam com correntes, facas e pistolas para proteger seu território de vício e violência. Será que essas gangues que controlam a cidade ouvirão este pregador de fora que invade seus territórios e suas vidas para falar do amor e da paz de Deus?

Bozo

http://www.youtube.com/watch?v=yP6B-MZrMSo

Compromisso Precioso e muito mais...

O compromisso de uma fé desafiada pelo impossível e testada pelo irresistível, afeta toda a família. A história comovente do amor entre John e Ellen Brighton. Unidos eles enfrentam uma terrível e impiedosa doença, o Mal de Alzheimer, que, ou confirmará seu amor, ou destruirá seu casamento e sua família. Problemas na carreira profissional, nos relacionamentos familiares, uma confusão que só o poder de um amor real pode superar. Phil Brighton, o irmão e sócio de John, vive livre demais para entender porque John ainda mantém sua fé e seu casamento diante de circunstâncias tão terríveis. Mas a luta de seu irmão faz com que ele encontre uma nova esperança. http://www.youtube.com/watch?v=M9tNVXkOCxY

Evangelizacao Pessoal

http://www.evangelizacaopessoal.com

Icthusfilmens

http://www.youtube.com/watch?v=aiIpWtVQRGI http://www.youtube.com/watch?v=o3fqwpCUo30